sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Para a Adriana:



"In preparing for battle I have always found that plans are useless, but planning is indispensable." Dwight D. Eisenhower (1890 - 1969)




No meio das drogas infinitas, havia a meio da tarde um prazer confesso ao parar por um breve minuto. Era o tempo suficiente para ler as frases do dia seleccioandas pelo meu tão estimado igoogle.
Disse: "Olha Adriana...esta é para nós!". E ela lá tentou prestar atenção ao que eu dizia, julgando ser mais uma das Tietas ou das Deolindas que eu inisitia em ouvir para suavizar a dureza da nossa tarefa.
Eu continuei: "In preparing for battle I have always found that plans are useless, but planning is indispensable." A Adriana riu no meio do vermelho: "Isso é verdade! Essa frase és mesmo tu Telma! ". Sei que ambas concordámos silenciosamente que aquele era um dos lemas dos últimos anos...
Confesso que sou quase sempre eu que tenho esta necessidade "Adriana preciso de um plano, estou perdida! Aponta! Ora quinhentas páginas, quinze dias, cinquenta páginas por dia mais cinco dias para rever a matéria...!". E ela lá tenta então ajudar-me, saca do post it e da caneta e escreve, faz tabelas, enfim...o necessário...escusado será dizer que ao fim do terceiro dia já nada bate com o previsto e faz-se então um novo cálculo, um novo post it.
Ambas sabemos de antemão que nenhum plano é para cumprir, que a linha recta previamente traçada e o zigue-zague correspondente à realidade têm em comum apenas um final (espera-se) feliz.
Mas nas nossas pequenas batalhas o mais importante é, sem dúvida o acto de planear.É a forma que encontramos para ganhar novas forças e novo ânimo, de parar para respirar e de, mais tarde, irmos para a cama mais descansadas.
Traçar o caminho tornou-se indispensável,tal qual um acto natural, para saber que (não) temos tempo, para saber que é possível, para saber que o vermelho não muda, para saber que já falta pouco, para saber que temos alguém que, faça chuva ou faça sol, vai sempre connosco para a guerra.

Um comentário:

Carina disse...

Tudo na vida se torna mais simples quando sistematizamos algo.... Confesso que tambem sou uma aficcionada em planos (planos de estudo, planos do que vou fazer no dia seguinte,planos para a vida a curto, médio e longo prazo, etc) embora saiba que tudo o q fazemos se torna mais saboroso qnd adoptamos aquela do "deixar andar".... um dia ainda vou ser assim: sem medo de me perder ou falhar por falta de um plano...